João da Silva
Nilson Müller
É ilustrador, artista plástico, mentor e professor de desenho e pintura desde 1958.
Nacionalmente e internacionalmente reconhecido Nilson é bicho do Paraná. Seu vasto currículo traz trabalhos para grandes agências de publicidade, cenografia, galerias de arte, ilustrações em livros, quadrinhos, revistas, reproduções, cursos e aulas, entre outros, utilizando as mais variadas técnicas incluindo arte digital.
Recebeu prêmios em pintura no Salão Paranaense, Salão dos Novos da Biblioteca Pública do Estado do Paraná, e Salão do Santa Mônica Clube de Campo. Ganhou o Prêmio Qualidade Brasil em ilustrações para o livro KO IVY De Ricardo Rodrigues. Produziu histórias em quadrinhos, é autor das figurinhas do Zequinha para a campanha do ICMS em 1979. Colaborou para o desenvolvimento de logomarcas conhecidas nacionalmente como açúcar Diana, criou personagens como "O Gralha", foi o primeiro cenógrafo de televisão do Paraná e possui uma sala em sua homenagem na Gibiteca do Paraná.
Nilson Müller desenha desde criança, aos doze anos, conheceu Guido Viaro no Centro Juvenil de Artes Plásticas e logo foi convidado a freqüentar um espaço na Escola de Belas Artes, onde teve a oportunidade de estudar desenho, pintura, xilogravura e modelagem com Osvaldo Lopes. Aos 14 anos, recebe orientação de Thorsten Andersen.
Entre seus contatos destaca-se Marvel Comics, Joe Kubert, Maurício de Souza, Beto Carrero, TV Paranaense, Grupo Positivo.
João da Silva
Zequinha by Nilson Müller
Zequinha, clássico personagem paranaense, surgiu no final da década de 1920, estampado nas embalagens de balas simples, de açúcar e corante, de uma empresa da Capital (“A Brandina”), fundada pelos irmãos Sobania, de origem polonesa. O desenho teria sido inspirado em um famoso palhaço paulista, da época, que foi adaptado para um total de 200 desenhos diferentes, tamanha foi a sua aceitação. Alberto Thiele e Paulo Carlos Rohrbach desenharam as figuras, que eram impressas na Impressora Paranaense, fundada por Ildefonso pereira Correia, o “Barão do Serro Azul”), ilustre paranaense que consta no Livro de Aço dos Heróis da Pátria. Zequinha, naqueles tempos, foi um pouco de tudo: de ladrão a galanteador, de nervoso a condenado, de relojoeiro a escafandrista. Teve até Zequinha, suicidando-se e enforcado. Algumas figurinhas eram carimbadas e davam direito a prêmios. As repetidas eram trocadas e disputadas nos jogos de “bafo” e “tique”.

As balas tiveram grande sucesso e foram relançadas ao longo das décadas seguintes, até meados de 1960, através de diversas empresas que haviam adquirido os direitos acerca da marca, das empresas anteriores. Foram elas: “Irmãos Franceschi”, “E. J. Gabardo e Massochetto” e “Zigmundo Zavadski”. As figurinhas eram armazenadas em carteiras feitas com duas pequenas chapas de papelão, unidas por fitas ou elásticos. Não havia um álbum específico para acomodá-las.

Em 1979, foram relançadas as figurinhas do Zequinha, para serem coladas em álbum próprio (“Clube do Zequinha”). O criador de sua nova imagem foi o renomado artista Nilson Müller - criador de diversos outros personagens de destaque - que desenhou um Zequinha mais “rechonchudo” e animado. Zequinha viajou, realizou diversas atividades de lazer e profissionais e visitou grandes obras e empresas públicas. Tanto o álbum, quanto as figurinhas, eram trocadas por notas fiscais, em uma campanha idealizada pela agência PAZ e lançada pelo Governo do Estado do Paraná. Novamente, o Zequinha foi um sucesso! Nessa época, teriam sido distribuídas mais de 200 milhões de figurinhas! Quem completasse o álbum tinha direito a prêmios especiais.

No ano seguinte (1980), foi lançado o álbum “Caravana do Zequinha”, também com ilustrações do artista Nilson Müller, mas em outra apresentação. Diversas figurinhas, juntas, formavam mosaicos de página inteira. Essa coleção não atingiu o sucesso das versões anteriores.

Em 1986, surgiu outro álbum para colar as figurinhas lançadas (“Festival das Figurinhas Zequinha”), através da “J. J. Promoções Ltda”. Elas já não vinham mais embrulhadas em balas, mas eram as mesmas estampas das versões das décadas de 1920 a 1960. Eram vendidas junto com doces. Tiveram relativo sucesso, mas muito longe do êxito alcançado pelas primeiras versões e pela recriação de 1979.

E, agora, em março de 2021, mês do aniversário de Curitiba, é relançado esse icônico personagem da terra dos pinheirais, pelas mãos do querido artista Nilson Müller (criador do personagem de 1979). Através de contrato de licenciamento com os empresários Robson Krieger e João Luís Vieira Teixeira, foram desenvolvidos diversos produtos personalizados e lançado o novo álbum de figurinhas, abordando novas atividades e profissões, em um álbum moderno e inovador, para 200 imagens diferentes e mais 8 figurinhas especiais, permitindo que também as novas gerações possam conhecer, colecionar e trocar as tradicionais figurinhas do famoso Zequinha.

E como surgiu essa questão do relançamento do álbum do Zequinha? O artista Nilson Müller, e sua família, sempre tiveram esse interesse, mas esbarravam na questão da falta do registro da marca do personagem criado no fim da década de 1970. Diversas pessoas já o haviam procurado com o objetivo de lançar um novo álbum de figurinhas. A ideia estava, digamos assim, portanto, em banho-maria...

Em meados de agosto de 2020, após uma “live” em um programa de televisão que vai ao ar aos sábados à tarde, a família do Ilustrador viu a oportunidade de “reviver” o Zequinha na forma de produtos diversos e retomou a ideia de um possível relançamento do álbum.

Por uma feliz coincidência, o empresário João Luís Vieira Teixeira, idealizador do portal de vendas Sambay express comentou com seu amigo e um dos sócios nesse negócio, Robson Krieger (artista plástico, empresário e galerista), que seria bacana alguém complementar o desenho do logotipo dessa empresa, que era apenas da cabeça de uma arara, com as cores do Brasil. Então, Robson lhe disse que a melhor pessoa para fazer isso seria o Sr. Nilson Müller, antigo conhecido seu.

Assim, depois de uma breve visita dos empresários ao artista, em poucas horas, já havia na prancheta um esboço muito simpático da arara-canindé solicitada! Quando os empresários foram ver o desenho, conversaram sobre outros assuntos e também perguntaram sobre o eventual ressurgimento das figurinhas e do respectivo álbum, pois chegaram a colecionar esses itens e seria sensacional ter esses produtos em seu portal. Ao tomarem ciência da questão da ausência do registro da marca, foram se inteirar sobre o assunto e assumiram o encargo de providenciar o devido registro. Assim, foi feito o pedido junto ao INPI e, hoje, ela é uma marca, em fase final de registro, do artista. A marca é: Zequinha by Nilson Müller.

Nessa mesma esteira saudosista e paranista que permitiu o relançamento do álbum, foram surgindo ideias para diversos outros produtos, que, hoje, somam cerca de 30 tipos diferentes. De bolas de gude, baldinhos para pipoca e bambolês até camisetas, relógios de parede e fones de ouvido.

Assim que as restrições, criadas por conta da pandemia, permitirem, será feita a inauguração oficial da Loja do Zequinha, em local escolhido nobre: as ruínas de São Francisco, no centro histórico de Curitiba.

Por enquanto, as compras podem ser feitas “on line”, no site lojadozequinha.com.br

Boa diversão a todos!

CURSO DE DESENHO A LÁPIS

Aprenda a desenhar iniciando pela cabeça humana.
Ipad

JÁ É INSCRITO NO CURSO? CLIQUE EM LOGIN PARA ACESSAR, OU USE O QRCODE!

CURSO DE DESENHO A LÁPIS DA CABEÇA HUMANA
João da Silva
Desenhar a cabeça humana é o primeiro passo para despertar em você  o prazer de desenhar. 
Neste curso compartilho métodos para desenhar a cabeça humana de forma descomplicada e prática.
Faça na sua casa e no seu ritmo.
Nesse curso eu te mostro de maneira facilitada como construir a cabeça com os detalhes como boca, nariz, orelhas e olhos explicados individualmente, com noções de anatomia, para uma boa compreensão e eficiência na construção do desenho final.

100% de qualidade: Gravei as Vídeo com equipe especializada e filmadoras Ultra HD em 3 ângulos, para você não perder nenhum detalhe.
100% de praticidade: Não precisa de experiência anterior
100% garantido: Aprenda sem dificuldades utilizando técnicas práticas e simples
100% à distância: 24 horas a sua disposição via internet
100% compatível: Acesse em qualquer dispositivo, smartphone, smarttv, tablet, computador, notebook.

Plataforma de Ensino: As Vídeo aulas em alta definição serão acessadas através da PICO a plataforma da EAD Inteligente, que é especializada em ensino a distância.
Número de aulas: 27
Período de acesso: 6 meses
Certificado de participação: Sim
Assista em vários ângulos sem perder nenhum detalhe, tenha uma experiência realista, como se você estivesse fazendo as aulas aqui comigo.
Tomei o cuidado em produzir um curso 100% detalhado para que você não perca nenhum detalhe. Usamos 3 filmadoras profissionais Sony 4K e equipe de produção especializada em cursos online da @eadinteligente.
Tenho certeza que você vai gostar e aproveitar ao máximo todas as 27 aulas desde curso.

FAQ - PERGUNTAS FREQUENTES

Preciso ter algum conhecimento em desenho para fazer o curso?

Não! Este curso foi preparado para ensinar quem não tem conhecimento ou habilidades para desenhar, e também para quem deseja aprimorar suas técinas de desenho a lápis da cabeça humana.

Preciso de algum material especial para o curso?

Não! Basta ter lápis, papel e boa vontade.

As aulas são realmente detalhadas?

Sim! Diferentemente das aulas que você encontra por aí, tomei o cuidado te posicionar as câmeras como se você estive olhando para a sua produção (visão do olhar do autor) isso facilita o aprendizado e proporciona uma experiência realista.

Posso acessar o curso em qualquer dispositivo?

Sim, a Plataforma é 100% responsiva e seus conteúdos ficarão perfeitos em computadores, smartphones, tablets e smarttvs ligados a internet em banda larga.

Posso assistir quantas vezes eu quiser?

Sim, dentro do periodo de acesso determinado para o curso, você pode assistir as aulas quantas vezes desejar.

O Certificado é válido para meu currículo?

Sim, o certificado é valido para seu currículo, como certificado de atualização e desenvolvimento pessoal e profissional. Não é um certificado de graduação ou profissionalizante.

O pagamento é seguro! Posso parcelar no cartão?

Sim, utilizamos o sistema de pagamento reconhecidos nacionalmente, que aceita praticamente todos os cartões de crédito. O parcelamento poderá ser feito em até 12x com acrescimos de juros proporcionais ao número de parcelas.

Qual o prazo de liberação para acesso ao meu curso?

O prazo vai depender da forma de pagamento que escolher, podendo ser de até 2 dias para cartões e até 4 dias úteis se optou por boleto.
A liberação será informada através de e-mail, fique atento a sua caixa postal, incluindo a caixa de spam.

Por quanto tempo posso acessar o curso?

O prazo de acesso é de 6 meses, durante o período você pode asssitir as aulas quantas vezes desejar.

Por onde acesso meu curso?

Acesse o curso através do botão LOGIN, no topo da página, ou através do link enviado para seu e-mail. Use seu login e senha enviados por e-mail.

Tenho garantia de satisfação?

Sim, sua garantia é incondicional por 7 dias, ou seja, se você não gostar do curso devolvemos seu dinheiro sem questionamentos.

Quais os requisitos para acesso?

Computadores, Tablets, Smartphones e SmartTVs, equipamentos com navegadores chrome, safari, firefox, microsoft edge, ou outros navegadores que permitam o uso de HTML5.
Se seu equipamento aceita vídeos do youtube ou vimeo irá atender os requisitos.
Conexão mínima com a internet de 5MB para exibir v/ideos com alta qualidade.

07 Dias de Garantia Incondicional

Os conteúdos deste curso foram elaborados dentro de critérios, didático pedagógicos para desenvolvimento pessoal e profissional e tem garantia de procedência e qualidade informativa.